Probióticos para as úlceras gástricas: tudo o que precisa de saber - Microbiota Care
Telefone

+337-751-7890

Correio eletrónico

[email protected]

Horário de funcionamento

Seg - Sex: 7AM - 7PM

Os probióticos e as úlceras gástricas

Os probióticos são microrganismos vivos com benefícios para a saúde, nomeadamente para o sistema digestivo. Podem ajudar a restabelecer o equilíbrio da flora intestinal e a reforçar o sistema imunitário. No caso das úlceras gástricas, os probióticos podem desempenhar um papel importante na prevenção e no tratamento desta doença.

Uma úlcera gástrica é uma ferida aberta que se forma no revestimento interno do estômago. Os sintomas mais comuns incluem dor abdominal, náuseas, vómitos e perda de apetite. Se não for tratada corretamente, esta doença pode levar a complicações graves, como hemorragia interna ou perfuração do estômago.

Como é que os probióticos actuam nas úlceras do estômago?

As úlceras estomacais são frequentemente causadas por uma infeção bacteriana devida à Helicobacter pylori (H. pylori). Os probióticos podem ajudar a reduzir esta infeção, equilibrando a flora intestinal e fortalecendo a mucosa gástrica. Têm também propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a aliviar a inflamação associada às úlceras.

Ver também:  Probióticos para adolescentes: a importância dos suplementos alimentares para um crescimento saudável

Alguns estudos demonstraram que os probióticos podem inibir diretamente o crescimento da H. pylori graças à sua ação antimicrobiana natural. Podem também melhorar a resposta imunitária do organismo, ajudando a combater a infeção e a reduzir o risco de recorrência.

Quais são os melhores probióticos para as úlceras gástricas?

Existem várias estirpes de probióticos que demonstraram ser eficazes no tratamento de úlceras gástricas, incluindo :

  • Lactobacillus acidophilus
  • Bifidobacterium bifidum
  • Streptococcus thermophilus
  • Saccharomyces boulardii

É aconselhável consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer suplementação probiótica. Este poderá orientá-lo para as estirpes mais adequadas à sua situação e aconselhá-lo sobre a dosagem e a duração do tratamento.

Como tomar probióticos para tratar uma úlcera gástrica?

Para tirar o máximo partido dos benefícios dos probióticos no tratamento das úlceras gástricas, é importante seguir determinadas recomendações:

  1. Escolher um produto de qualidade: Escolha um suplemento alimentar que contenha uma elevada concentração de estirpes activas (pelo menos mil milhões de UFC - unidades formadoras de colónias - por dose) de uma fonte fiável.
  2. Seguir as instruções de dosagem: Siga os conselhos do seu profissional de saúde sobre a dose diária e a duração do tratamento. Em geral, recomenda-se a toma de probióticos durante, pelo menos, 4 semanas para se verificar uma melhoria.
  3. Escolher as formas correctas: Os probióticos estão disponíveis em diferentes formas (cápsulas, saquetas, iogurtes, etc.). Escolha a que mais lhe convém, de acordo com as suas preferências e necessidades.
Ver também:  Probióticos para mulheres grávidas: benefícios durante a gravidez e após o parto

A importância do acompanhamento médico

Embora os probióticos possam ser benéficos no tratamento das úlceras gástricas, é essencial não substituir os cuidados médicos adequados pela toma de suplementos probióticos. O médico deve ser sempre consultado para um diagnóstico exato e um plano de tratamento adequado. O médico pode também prescrever medicamentos como antibióticos ou inibidores da bomba de protões, se necessário.

Além disso, não hesite em falar com o seu médico ou farmacêutico sobre as possíveis interacções entre os probióticos e outros tratamentos que já esteja a tomar. Certos medicamentos podem reduzir a eficácia dos probióticos, ou vice-versa.

Para saber mais:

Artigos recomendados

pt_PTPortuguese